Deputados discutem projeto da LDO

O ex-lider do governo, deputado Joaquim Ruiz (PV), disse agora hápouco ser necessário votar a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) omais rápido possível. Ainda hoje, se possível.

Ruiz argumentou que a partir da próxima semana os deputados passam a visitar suas bases já com os olhos voltados para as aeleições do próximo ano.

Os oposicionistas Mecias de Jesus (sem partido) e Flamarion Portela (PTC) criticaram a possibilidade de adiamento em decorrência de um suposto telefonema do governador Anchieta Júnior (PSDB).

Eles também criticaram o envio de projetos à Casa de última hora pelo governador.

Ao tomar a palavra, o deputado Célio Wanderley (DEM) afirmou que não é novidade o envio, pelo governo, de projetos de última hora pelo governo. "Isso sempre aconteceu, desde a primeira legislatura", disse Wanderley.

Como ex-presidente da Assembleia Legislativa, Mecias de Jesus sabe quantas vezes teve que contornar a situação para esperar e votar projetos de interesse do Executivo, quando esteve à frente da presidência da Casa.

A LDO já foi votada nas comissões e recebeu várias emendas. Mesmo diante do debate acalorado que está sendo travado no istante em que escrevo esse post (10h05), a Lei de Diretrizes Orçamentária s deve ser
votada hoje.
--
Enviado do meu celular

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.

Tecnologia do Blogger.