Sobre extorsão de pseudo jornalistas e a falta de escrúpulos de certos políticos


O velho dito popular “pimenta nos olhos dos outros é refresco” nunca se adequou tão bem a um caso, como a essa situação que envolve a denúncia feita por um deputado estadual roraimense, que diz estar sofrendo extorsão de um jornalista proprietário de um site de notícias. O parlamentar tem sido alvo de comentários e notas jocosas e desrespeitosas nesta mesma página.

Pois bem. Minha santa mãezinha costumava dizer que a gente só sente a dor quando o sapato está apertando o nosso calo. Enquanto é o calo dos outros que está a latejar, ninguém liga, não é da nossa conta. A verdade é que o deputado em questão já foi beneficiado pelos serviços jornalísticos nada ortodoxos deste jornalista que hoje o persegue e, conforme sua denúncia, o extorque. Em seu discurso hoje pela manhã, o próprio deputado afirmou já ter tido um bom relacionamento com o seu algoz do presente.

A grande questão é que políticos como o deputado ora ofendido - que tem uma folha de serviços prestada a Roraima, não há como negar, mas que também não é nenhum santo, diga-se - alimentam esse tipo de profissionais, quando eles lhes são úteis e depois se vêem vítimas dos tentáculos que ajudaram a alimentar com verba gorda. Foram muitas as vezes que a metralhadora giratória do jornalista denunciado mudou de direção.
Mas o deputado a que me refiro apenas sente na pele agora um pouco do efeito do que patrocinou há bem pouco tempo com um blog apócrifo que, depois, conforme se descobriu, tinha a sua digital financeira. Um tal Cavalo Crazy, blog controverso e de extremo mau gosto que distribuía coices para todos os lados, deitou e rolou, relinchando e tirando sarro de autoridades locais, secretários de estado, etc., com palavras chulas e fotos pornográficas. E, eu sei bem disso, atendia aos interesses do parlamentar ofendidinho de agora.

Feliz ou infelizmente, os ditos populares acabam sendo assertivos. “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”. Agora, o ilustre e influente deputado se vê alvo, não só ele, como toda sua família, de textos maliciosos e maldosos, aos quais eu, particularmente, não atribuo valor jornalístico. Porque um texto jornalístico pode ser incisivo, denunciador, apimentado, questionador, etc., mas tem de ser respeitoso para com quem o lê. No mínimo.

O blog Cavalo Crazy, escrito para atender aos interesses do deputado que hoje chora as dores da perseguição, ridicularizou quem quis ridicularizar, chegando ao rés do chão com a sua malícia e jocosidade. Atualmente, com o ingrediente da suposta extorsão, esse parlamentar prova um pouco do amargo veneno do qual fez uso indiretamente por meio do relinchante blog apócrifo, que diga-se, foi deletado porque eu insisti junto a quem o escrevia para que fizesse isso. Persuadi a pessoa que recebia para escrever o blog de que os textos nele contidos consistiam nos crimes de difamação, calúnia, perjúrio, etc. todos tipificados no Código Penal Brasileiro (CPB). Consegui convencê-lo de que os seus financiadores o deixariam à deriva, caso as ameaças de represália se concretizassem, o que era quase iminente.

Esse tipo de serviço não dignifica o escritor que dele se encarrega. Pelo contrário, serve apenas para colocar os jornalistas e o jornalismo na berlinda, diante da atuação antiética e desrespeitosa levada a efeito por alguns que se propõem a escrever de encomenda. A dignidade e a honra dos outros não tem preço.

Mas não se enganem, esse episódio, infelizmente, não vai acabar por aqui, mesmo com as ameaças de processo que correm entre as partes envolvidas. Ainda existe um imenso esgoto aberto por onde vai escorrer a lama da falta de respeito e do antiprofissionalismo. O repertório de baixaria é amplo e seus usuários não terão o menor pudor em usá-lo. Para infelicidade do bom senso.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.

Tecnologia do Blogger.