Deputados rejeitam projeto que padroniza escala de serviço de policiais e bombeiros

Soldado Sampaio lamentou a rejeição do projeto pelos colegas



O Projeto de Lei de nº 006/11, de autoria do deputado Soldado Sampaio (PCdoB), que pretendia padronizar as escalas de serviço dos policias e bombeiros do Estado de Roraima foi rejeitado durante sessão ordinária na manhã desta quarta-feira (19), pelos deputados estaduais na Assembleia Legislativa.

A discussão do projeto em plenário foi polêmica e a votação estava empatada por nove votos favoráveis e nove contra. O voto de minerva ficou a cargo do presidente da Casa, deputado Chico Guerra (PSDB), decretou a rejeição da matéria.

Chico Guerra disse que a proposta do deputado Soldado Sampaio gera gastos para os cofres públicos, e que a Constituição proíbe o Poder Legislativo de aprovar projetos que gere ônus para o Executivo Estadual. “Por isso, votei contra o PL, pois não posso ir contra a legislação”, afirmou o parlamentar.

O deputado Sampaio discorda dos argumentos de inconstitucionalidade do projeto e afirma que os seus pares demonstraram não valorizar o trabalho dos policiais e bombeiros militares. Soldado Sampaio falou à reportagem do Monte Roraima Notícias.

Ouça a entrevista com o deputado Soldado Sampaio:

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.

Tecnologia do Blogger.