Mais uma cassação e um futuro nebuloso pela frente

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu ontem pela cassação do governador eleito em 2010, José de Anchieta Júnior (PSDB) e do vice Chico Rodrigues. O voto que definiu a cassação foi de Stélio Dener, membro do TRE que representa a classe dos advogados. Votou também pela cassação foi Erick Linhares, relator, e Jorge Fraxe, revisor. Optaram pela não cassação o juiz Paulo Cezar Dias de Menezes e o desembargador Alcir Gursen de Miranda. Os dois alegaram a ausência de provas nos autos que justificassem a cassação de Anchieta.

Tão logo saiu o resultado, os “neudistas” saíram às ruas para comemorar. Fogos, bandeiras, buzinaços, discursos inflamados na Praça do Centro Cívico compuseram o cenário da noite e madrugada. Mas é preciso de dizer que essa euforia poderá ter uma duração curtíssima. Por vários motivos. Um deles: ainda cabe recurso da decisão e o TSE pode reformar o que decidiu o TRE, assim como fez no processo anterior. Esta é uma possibilidade remota, mas existe. Outro: assim como Anchieta Júnior, Neudo Campos também responde representação eleitoral por prática de ilícitos na campanha de 2010. Ação essa também proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que defende a inaptidão de Neudo para ficar no governo.

Como já assinalei diversas vezes aqui neste espaço, a Procuradoria Regional Eleitoral do Ministério Público Federal (MPF-RR) defende a realização de uma nova eleição em Roraima. Essa defesa já foi feita publicamente em diversas entrevistas em programas de rádio, televisão e jornais impressos pelo então procurador regional eleitoral Ângelo Goulart Vilela. No mais, a folha corrida de Neudo Campos é como um boletim de estudante canastrão, que tenta enganar o professor e leva bomba no final. Está cheio de reprovações e notas vermelhas. Em nível nacional, Neudo Campos foi comparado a Paulo Maluf. Os dois políticos são tidos como as figuras políticas mais corruptas do país.

Não se pode negar que Neudo Campos goza de uma simpatia espantosa entre grande parcela da população. Em grande parte pela forma pouco ortodoxa como tratava as contratações públicas e a distribuição de recursos entre aqueles que faziam parte do seu time de simpatizantes. Estão aí os processos na justiça que não me deixam mentir. Neudo, mesmo sem ser cientista, conseguiu criar uma espécie nociva de gafanhotos “geneticamente modificados”, híbrido de gente e praga devoradora de folhas de pagamento. A história política está aí para comprovar. Uma breve consulta aos arquivos dos jornais locais, se esses arquivos não tiverem sido destruídos em nome das conveniências, estão aí para comprovar.

Mas o fato é que essa turbulência política porque passa Roraima está longe de acabar. Assistiremos a uma nova batalha jurídica em que Anchieta Júnior vai tentar se manter no poder. Por outro lado, ainda existem mais de duas dezenas de ações que também pedem a cassação do seu mandato tramitando do TRE. Como já assinalei, caso seja confirmada a cassação, os “neudistas” poderão experimentar o mesmo processo devido à pratica de ilícitos eleitorais, em ação encabeçada pelo Ministério Público Eleitoral. Aí, poderemos ter uma nova eleição, onde falta nomes de peso, verdadeiras lideranças para concorrer. Pelo menos lideranças com representatividade e lisura ética e moral para concorrer.

Muitos dos que salivam para entrar numa possível disputa pelo governo, ao olhar para trás se deparam com suas terríveis asas gafanhotescas que ficam, como fantasmas, a lembrar da rapinagem recente que fizeram aos cofres públicos. Como não se forja uma liderança de uma hora para outra, Roraima corre o risco de ficar à mercê de aventureiros, como tem acontecido há bastante tempo. Triste sina.

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.

Tecnologia do Blogger.