Presidente do TCU fala sobre técnicas de auditoria e autonomia dos tribunais de contas

Benjamin Zymler fala sobre o papel dos órgãos de controle, no TCE-RR
Eu estava agora há pouco no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Roraima (TCE-RR), acompanhando a palestra do ministro Benjamin Zymler, presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), sobre as técnicas modernas de auditoria das contas públicas e autonomia dos órgão de controle em relação aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Zymler falou, e eu concordo, a respeito da necessidade de os gestores públicos terem cada vez mais cuidado nos processos licitatórios e de contratação de empresas e pessoal, pois os órgãos de controle estão se utilizando de Tecnologia da Informação (TI) para aprofundar suas investigações, com o objetivo de evitar fraudes ou imperfeições.

No quesito autonomia dos tribunais de contas dos estados, eu discordo dele. O presidente do TCU chegou a afirmar, na primeira parte da sua palestra, que os tribunais não são submissos aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Disse que esses orgãos auxiliam, mas não são auxiliares, pois não são inferiores na ordem hierárquica.

Aí eu perguntei a Benjamim Zymler, se ele considera, de fato, que os todos os TCEs são autônomos e não submissios aos poderes. Ele recuou um pounco e afirmou que num país de dimensões continentais, como é o caso do Brasil, é possível que haja tribunais de contas que ainda precisem avançar no quesito autonomia, mas que já houve muitos avanços.

Eu vou além e digo que pelo que lemos e assistimos todos os dias, é provável que os TCEs sejam bem mais submissos aos poderes do que supõe (ou quer fazer crer) Benjamin Zymler.

Enviado via iPhone

Nenhum comentário

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.

Tecnologia do Blogger.