José de Anchieta, o governador mais impopular de Roraima

Na próxima sexta-feira, dia 4 de abril, o governador José de Anchieta (PSDB) deixará o cargo (desincompatibilização) para poder concorrer à única vaga ao Senado que estará em disputa em Roraima. O tucano é o mais impopular governador do estado nas últimas duas décadas.

Além das recentes pesquisas que mediram a aceitação do governador junto à população, a impopularidade de Anchieta é medida pelas vaias que recebe. Não há um único evento que ele vá, fora dos muros do Palácio Senador Hélio Campos – sede do governo -, que não receba uma saraivada de vaias.

Dos últimos três governadores que antecederam José de Anchieta é de longe o menos querido. Neudo Campos, que governou Roraima de 1995 até 2002, foi um dos mais populares, mas entrou para a história do estado como o mais corrupto.

Ottomar Pinto, que governou Roraima por três vezes (de 1979 a 1983, de 1991 a 1995 e de 2004 a 2007) sempre foi tido como o pai dos pobres, mas ao mesmo tempo praticava um populismo barato e pouco fez para tornar Roraima um estado de economia sólida.

Flamarion Portela (2003/2004), fez concursos públicos, demitiu milhares de servidores que não tinham concurso mas depois foi cassado, cedendo o lugar a Ottomar. Também não foi muito popular, mas o atual governador é de longe o mais impopular.

Um mar de dívidas

Anchieta deixa o governo mal avaliado por vários motivos: em seu governo, o instituto de terras do estado (o Iteraima) fez lambança na titulação das terras repassadas ao estado pela União e o caso foi parar na Polícia Federal; em 2013 o governo gastou R$ 865 milhões a mais do que arrecadou; o governo também contraiu dívida de milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Lamentavelmente, o estado está no vermelho. O vice-governador, que concorrerá à reeleição, assumirá uma herança maldita.


Anchieta, por seu turno, não reconhece o endividamento, ainda que os fatos o denunciem. O que a imprensa nacional enxerga como dívidas, ele chama de investimentos. No entanto, tem faltado dinheiro até mesmo para quitar a folha de pagamento do estado. No sábado (29), o governo anunciou o pagamento dos servidores da administração direta. O dinheiro caiu na conta dos trabalhadores.

Aqueles que exercem suas funções nas autarquias e empresas de economia mista – como Codesaima, Iteraima, Detran, Companhia de Água e Esgoto de Roraima (CAER) e Centrais Elétricas de Roraima (CERR), etc. - vão receber o salário até o dia 10 de abril, conforme comunicado do próprio governo.

Entre os detratores do governador José de Anchieta, há aqueles que apostam no seu isolamento, depois que ele deixar o governo. Os integrantes da bancada governista na Assembleia Legislativa sempre se comportaram de acordo com as conveniências do momento. Onde estiver o poder, lá estarão os deputados roraimenses.

Chico tem um perfil diferente

O vice-governador Chico Rodrigues já deu sinais de que, quando assumir o cargo, conduzirá o governo de modo diferente do seu antecessor. Disse que vai mudar secretários e, com bastante tempo de antecedência, afirmou que pretende se aliar a grupos políticos e de mídia que sempre estiveram contra José de Anchieta.

Enfim, Chico Rodrigues vai costurar a governabilidade a seu modo. E, como é praxe nos rincões do Brasil, deve fazer alianças com deus e o diabo com o objetivo de se reeleger.

Uma mulher na parada

Rodrigues terá uma mulher como sua principal adversária na disputa pelo governo, este ano. A senadora petista Ângela Portela deve ser grande a novidade na disputa.

Ângela certamente contará com o apoio da presidente Dilma Rousseff. Chico Rodrigues está filiado ao PSB, partido do pré-candidato à Presidência da República Eduardo Campos. Em Roraima historicamente não é comum o detentor do poder da hora perder a eleição.

O problema de Chico Rodrigues é que ele não tem perfil executivo. Sempre foi legislador, desde seu primeiro mandato como vereador em Boa Vista. A seu favor, o candidato nato ao governo tem a vantagem de ser infinitamente mais simpático do que José de Anchieta. Aliás, esse sempre foi um dos motivos que fizeram do atual governador um campeão de impopularidade.

Revisado e reeditado às 23h36.

3 comentários:

  1. Deixe sua opinião em nossa caixa de comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anchieta foi o governador mais péssimo do nosso estado de Roraima
      em todos os aspecto

      Excluir
  2. nao sei como esse povo de roraima teve coragem de reeleger esse crapula!! nunca dei meu voto pra esse animal pra min esse homen e um lixo dou mais valor pra um daqueles q vivem no beiral drogados do que um lixo desfarcado de homen ele e pior que esses ladroes que robao a mao armada a diferenca do roubo dele e que ele usa palito e gravata mais o roubo que ele faz e muito pior lixo !! lixo!! lixo!! lixo!! lixo!! lixo!! lixo!! lixo!! lixo!! lixo!! lixo jose de anchieta junior.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar aqui no blog
Os comentários neste blog são livres, sem moderação.
Aviso, no entanto, que ofensas, palavrões ou quaisquer expressões racistas ou discriminatórias serão apagadas sumariamente.
Para quem comentar com responsabilidade, este espaço estará sempre aberto. Críticas e sugestões para o autor serão bem-vindas.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem necessariamente a opinião do autor do blog.

Tecnologia do Blogger.